quarta-feira, 5 de março de 2008

Pão de forma de Grant

Esta receita rápida e fácil, foi criada por Doris Grant que a incluiu no seu livro publicado nos anos 40.
A massa não necessita ser amassada e leva apenas uns minutos a ser misturada.
Os pães resultam muito fofos e mantém-se assim durante alguns dias.

Versão de impressão e arquivo desta receita: aqui



Para a versão Máquina do pão, scroll down

Receita para 3 pães em formas de: 21X11X6cm

Usei:

500g de farinha
1 c sopa de sal
25g de fermento fresco
350ml de água morna (35º a 38º)
1 c sopa de açúcar mascavado
Ervas ou sementes para polvilhar (opcional)

Fiz assim:

1. Peneira-se a farinha com o sal para uma tigela grande.
2. Dissolve-se o fermento em 1 dl de água aguarda-se uns minutos e em seguida junta-se o açúcar. Deixa-se repousar durante 10 minutos.
3. Faz-se uma cova ao centro da farinha e deita-se aí a mistura de fermento e mais um pouco de água, ou toda se necessário. Mistura-se com movimentos da periferia para o centro.
A massa fica pegajosa e não seca. Misture com colher de pau.
4. Divida a massa pelas formas previamente untadas, tape e deixe repousar ao abrigo de correntes de ar durante 30m ou até a massa ter aumentado 1/3.
5. Polvilhe com as ervas ou sementes e coloque no forno previamente aquecido a 200º.
Coloque no forno um recipiente com água, e deixe o pão cozer durante 40m, ou até ganhar consistência e apresentar um som oco ao bater na base.

Versão para Máquina do pão:

Substitua o fermento fresco por uma saqueta (+/- 11g) de fermento seco instantâneo.

Coloque na cuba da máquina, a água, seguida da farinha e depois os restantes ingredientes com a excepção das ervas ou sementes.
Se quiser os pães na sua forma original, escolha o programa amassar, e passe em seguida para o passo 4 da receita.
Se preferir que a máquina faça todo o trabalho, escolha o programa adequado à quantidade de farinha e ao grau de cozedura preferido, em caso de dúvida, escolha o médio.

Notas:

Conforme o nome indica este é um pão de origem Britânica.
O açúcar mascavado é um açúcar de cana escuro e húmido não refinado, e confere ao pão um sabor e textura muito agradável.
Pão indicado para sanduíches.


38 comentários:

  1. Que belos pãezinhos e a galinha é uma fofura!

    Bj

    ResponderEliminar
  2. Marisé que pãezinhos tão bonitos, gostei muito da receita e acho que vou experimentar este fim de semana :)
    Que foto linda e que galinha tão fofa :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Conheço muito bem este pão :)

    Linda está lá na minha cozinha um desafio para ti :)

    Bjocas :)

    ResponderEliminar
  4. Puxa, este blog tá parecendo um 3 estrelas do Michelin. Receitas novas todo dia, fotos melhores ainda ...
    Ah! Já fiz o vinagre de romãs !

    ResponderEliminar
  5. A-DO-REI!!!! adorei os pães e adorei a galinha....

    ResponderEliminar
  6. Sou muito preguiças para fazer pães mas adoro espreitar estas maravilhas! Que bom aspecto, Marizé! O que eu dava para ter um pãozinho desses ao meu pequeno-almoço! :o)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Marizé, ultimamente me apaixonei por fazer pão... desde que minha primeira receita deu certo... hehehehehe

    Esse certamente está na lista de comidas a fazer!!!

    Bjundas

    ResponderEliminar
  8. Estão lindos e a foto está uma fofura!

    ResponderEliminar
  9. hum... marizé que delicia... pena que não tenho maquina de pão... bjks dani

    ResponderEliminar
  10. Marizé mais uma vez eu digo sou a Maria Pelintra não tenho máquina de pão só posso ver essas maravilhas que vocês fazem adorei um beijo. Natércia:))

    ResponderEliminar
  11. Vou experimentar, com certeza!
    (meu chocolate é pão! ah, e arroz também!)

    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  12. Eu de novo...

    Quer brincar de roda? Passe lá...

    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  13. Que pãozinho lindo, nunca tinha visto tão branquinho, será que a galinha está vigiando pra eu não roubar um???

    ResponderEliminar
  14. Nossa, que coisa mais linda. Se meu pai visse isso se avançaria na tela, porque come absolutamente tudo, em absolutamente todas as refeições, com um pãozinho acompanhando. Nunca vi nada parecido :-)

    Lindão mesmo querida, parabéns!

    Bjos

    ResponderEliminar
  15. ução , hum ficara lindos ,,, beijihnos amiga.

    ResponderEliminar
  16. Seria bom ter um desses agora para o meu cafe-da-manha. Estao apetitosos!

    ResponderEliminar
  17. Marizé, adorei o pão, vou fazer na máquina (heheh) e a sua galinha é elegantérrima!

    bjs

    ResponderEliminar
  18. Amiga,

    Era mesmo disto que eu precisava...uma receita de pão que não precisa de ser amassado!

    bjs

    ResponderEliminar
  19. Tenho esse pão a fazer na minha máquina. Vamos ver como saí, pois, para dizer a verdade, ainda não acertei no pão que seja do agrado de todos...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. EU QUE ADORO FAZER PÃES, JÁ CORRI PARA ANOTAR ESSA RECEITA.
    FICARAM MUITO FOFOS, MARIZÉ!!

    # JÁ VI SEU E-MAIL E ESTOU SAINDO AGORA PARA IR AO CORREIO.
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. deu esses pãezinhos todos?
    Mais uma para a lista (e ela continua a aumentar)lol

    ResponderEliminar
  22. Marizé, gostei muito desses pães, parecem fáceis de fazer, sem trabalheira!
    E parecem deliciosos!
    Ah, a galinha é muito fofa!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Marizé,
    Gostei muito e um destes dias vou fazer.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  24. os paes estao encantadores mas nao pude deixar de r´parar na graciosa galinha...tudo lindo!!!bjs

    ResponderEliminar
  25. Marize,
    Ai, estao lindos seus paes!!!!!!!!!!
    Agora passa la no meu blog, te convidei pra uma brincadeirinha!!
    bjsss

    ResponderEliminar
  26. Tantos pães? E que aspectos, quentinhos devem sumir rapidamente. Adorei.
    Beijinhos
    Márcia

    ResponderEliminar
  27. Preparar o pão é sempre um prazer esão tão irresistíveis.
    Receita prática, já anotada.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  28. Fátima - cemporcentoacucar.blogspot.com06/03/2008, 13:26:00

    Ainda não me decidi a comprar a máquina de fazer pão.... Já não tenho espaço para guardar os electrodomésticos... :)
    Mas à força de ver receitas destas, tão apetitosas, não sei não... :)

    ResponderEliminar
  29. Adorei os pãezinhos.
    Vou optar pela versão da máquina :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  30. Agora que comprei minha maquina de pao , já tenho uma receitinha para testar
    Bjs

    ResponderEliminar
  31. Eu não posso ver pão, dá vontade de fazer na hora! Lindos! :)

    ResponderEliminar
  32. Fiz um licor de maracujá seguindo as instruções do seu licor de morango. Ficou uma delícia. Acabei de postar.
    bjo,
    Nina.

    ResponderEliminar
  33. Marizé, já tenho a manteiga e o queijo, manda vir daí um pãozinho destes!!! Bolas, agora fiquei com fome e não é desta que me livro de comprar uma máquina de fazer pão!!! Beijocas fofas

    ResponderEliminar
  34. Olá Marizé,

    Afinal não pude levar avante(ainda) a Alcatra da Terceira por falta de meios técnicos. Parece que é mesmo essencial o tacho de barro não vidrado, segundo a MLM. Onde é que eu vou arranjar isso?

    Quanto aos pãezinhos, não acredite nos livros de instruções das máquinas de pão: não só se pode usar fermento fresco, como todo o pão fica muito melhor com ele.Mais igual a ... pão.
    Faço pão todos os dias (noites) e só uso fresco.

    ResponderEliminar
  35. Adoro receitas simples de pão! Ficaram lindinhos!

    ResponderEliminar

Regras:
- Os comentários de spam e publicidade serão imediatamente apagados.
- Os comentários anónimos são permitidos mas moderados.
- Os comentários não reflectem a opinião dos administradores do blog.
- As questões colocadas serão exclarecidas via e-mail se o mesmo for disponibilizado pelo comentador.
- A sua opinião é importante para nós.