segunda-feira, 5 de maio de 2008

Batatinhas sauté em gordura de pato

No Ribatejo, as batatas são o acompanhamento de eleição. Tradicionalmente há um prato que se chama batatas de rebolão, por aqui, e na boca do povo chamam-lhe apenas “batatas de rebola”, e tudo vai com as tais.
E porquê falar de um acompanhamento tipicamente ribatejano como introdução a uma receita da culinária francesa? Porque tal como as “batatas de rebola” estas também vão bem com tudo.
Esta receita só foi possível graças à minha amiga
Pipoka, que me presenteou com a gordura de pato.
Embora eu saiba que “cortas” nas gorduras amimais, um dia não são dias, e pode ser que esta delicia te convença.

Clique aqui para a versão de impressão e arquivo desta receita

Usei:

800g de batatinhas brancas novas
2 hastes de alecrim fresco picado
8 dentes de alho com casca e esborrachados com a lamina da faca
4 c sopa de gordura de pato
2 c sopa de azeite virgem
sal & pimenta

Fiz assim:

Coloque as batatas ao lume brando logo na água ainda fria, e deixe cozer mas de maneira a ficarem firmes.
Escorra e mergulhe em água fria. Volte a escorrer quando arrefecerem, e enxugue com um pano limpo e seco.
Se forem pequeninas deixe inteiras, senão, corte em metades e reserve.
Leve ao lume uma frigideira anti aderente ou wok com o azeite e a gordura de pato.
Quando a gordura fundir, coloque as batatas e salteie até começar a dourar, tempere com pimenta preta acabada de moer, polvilhe com flor de sal e com o alecrim. Deixe dourar, e sirva imediatamente.

Notas:

Pode substituir a gordura de pato por banha de porco ou manteiga.
Gordura de pato
Flor de sal
Vejam esta receita da Elvira também de batatas com gordura de pato.

22 comentários:

  1. miam....é verdade que a gordura de pato da um gostinho especial as batatas ! beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Faz mal mas sabe bem e, tal como disseste, um dia não são dias! Essas batatas devem ficar mesmo uma gulodice! :o)

    A foto ficou linda!!

    Beijos. Muitos.

    ResponderEliminar
  3. Perante as tuas palavras, a receita e a belíssima foto, fiquei absolutamente convencida! Sou muito volúvel no que toca a delícias gastronómicas! ;-)

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Marizé cada dia cada maravilha essas batatinhas é de comer e chorar por mais um beijo. Natércia...

    ResponderEliminar
  5. Fiquei aqui imaginando o sabor.....sei que com manteiguinha ficam ótimas assim!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Batatinhas são o meu acompanhamento de eleição, ou não fosse eu uma boa ribatejana :)
    Estas batatas com toque francês devem ser deliciosas, a foto está linda!

    beijocas

    ResponderEliminar
  7. Fiquei aqui querendo essas batatinhas.....a gordura do pato deixa tudo com um sabor muito especial.
    Bjcas.

    ResponderEliminar
  8. Já li muito sobre essas batatinhas e as suas parecem divinas, Marizé!

    ResponderEliminar
  9. Vou ficar só imaginando o sabor, não sei onde encontrar gordura de pato por aqui. Tenho que pesquisar.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  10. Olha eu tenho um pouco de gordura de pato na geladeira!!! Não lembro se tenho batatas em casa...
    bjo,
    Nina.

    ResponderEliminar
  11. Que delícia de batatas! E têm ar de ser bem gulosas, comer apenas uma deve ser impossível!Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Como mta gente sabe, sou apaixonada por batatas. E continuo curiosa em saber o sabor desta gordura de pato, que não conheço ainda.

    ResponderEliminar
  13. Olá Marizé
    Bem, já que uma vez na vida não mata né, por que não?!
    O difícil vai ser arrumar a gordura do senhor pato, mas já que de porco também serve, meus problemas foram resolvidos^^
    Achei legal essa idéia, ótimo acompanhamento.
    Kisss^^

    ResponderEliminar
  14. Eu adoro batatas, e na gordura de pato é bem diferente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Nunca tinha ouvido sobre gordura de pato... é novidade pra mim... Mas deve ficar muito bom!

    beijosssssss

    ResponderEliminar
  16. Do último arroz de pato que fiz, sobrou uma tal quantidade de gordura do dito que, lembrando-me que tinha lido aqui que era uma das gorduras que usavas, resolvi guardá-la, embora não soubesse bem para quê.
    Bom, e aqui está a resposta.
    (vamos lá ver se entretanto não rançou )

    LPontes

    ResponderEliminar
  17. Querida Marizé o seu blog tá cada vez melhor é só receitas maravilhosas!!
    bjs.

    ResponderEliminar
  18. Não sou ribatejana, mas sou uma grande batateira! Adorei o nome de rebolons, as minhas vão ser mesmo com banha!
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  19. Que delícia de batatinhas, adorei ;)

    ResponderEliminar
  20. Marizé, isso deve ser FABULOSO! Estou aqui imaginando o sabor e babando em cima do teclado... ;) bjks

    ResponderEliminar
  21. Tadinho do pato... já das batatas não tenho pena nenhuma. Pelo contrário, é só alegrias!
    :-)

    ResponderEliminar
  22. Oi Marizé tudo bem? Só gostaria de confirmar se recebeu meu convite da sua participação especial no Cuecas na Cozinha dia 14 de maio.

    até
    Alessander Guerra
    www.cuecasnacozinha.com

    ResponderEliminar

Regras:
- Os comentários de spam e publicidade serão imediatamente apagados.
- Os comentários anónimos são permitidos mas moderados.
- Os comentários não reflectem a opinião dos administradores do blog.
- As questões colocadas serão exclarecidas via e-mail se o mesmo for disponibilizado pelo comentador.
- A sua opinião é importante para nós.