quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Geleia de piripiri

Quando a Pipoka publicou esta receita, a minha plantação de chilis e malaguetas estava no auge da colheita, usei-os das formas tradicionais que sempre utilizo e reservei parte para testar esta “bomba”.
A partir daí e sempre que a ocasião pedia entradas, canapés e afins lá ia a geleia e sempre agradava, mas foi no Verão de 2008 quando recebi em casa um casal de ingleses amigos, que a geleia fez furor. O C. comia a “piripiri jam” usando uma batata frita como colher. Acabei por lhe oferecer o frasco com o que restava da geleia.
Quando em Outubro fui a Londres levei-lhe nova dose, desta vez preparado com chilis asiáticos comprados numa as minhas excursões pelas lojas do Martin Moniz sempre acompanhada por boas amigas.





Usei:

100g de malaguetas vermelhas
200g de pimento vermelho
250g de açúcar
½ Chávena de sumo de limão

Fiz assim:

Lave as malaguetas e o pimento.
Abra ao meio, retire as sementes e membranas e corte em pedaços.
Coloque na picadora e reduza a puré.
Leve ao lume numa panela média e inoxidável, o puré, o sumo de limão e 1/3 do açúcar.
Quando levantar fervura, deixe fervilhar em lume brando durante 5 minutos.
Junte o restante açúcar e deixe ferver até atingir a consistência de geleia, + ou – 15 minutos ou mais se gostar da geleia mais consistente e caramelizada.

Notas:

Se gostar de picante forte, pode deixar ficar as sementes das pimentas, ou usar uma variedade de malaguetas mais picantes, como por exemplo o piripiri indiano ou os habaneros.
Nas lojas de produtos naturais e dietéticos, encontra-se à venta pectina granulada (pectgel), que pode ajudar a gelificar doces, compotas e geleias.

Receita retirada do blog: Three fat ladies.

Veja também: Molho picante.

9 comentários:

  1. Já vi em vários blogs esta geleia picante, fico encantada com a cor e a textura, mas não consigo experimentar, acho que em casa não seria bem acolhida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. As sementes foram para os vasos esta semana.
    Lá para Setembro já tenho onde usar a minha sempre muito, muito excedentária produção de "queimosos".

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Confesso que não sou grande apreciadora de piri-piri, mas o aspecto desta geleia deixou-me tentada a fazer esta receita! heeheh

    Boa semana:0)

    ResponderEliminar
  4. Hum que tentação esta receita Marizé! As fotos estão lindas, está de camera nova? Beijos!

    ResponderEliminar
  5. Olá
    Não conhecia o teu blog mas fui atraida pela compota de piri piri. Logo volto noutro dia com calma explorar um pouco. Bjs Barbara

    ResponderEliminar
  6. você não sabe como nós economizamos o vidrinho de pimenta piripiri em casa. não encontramos mais para vender, acho que não importam mais.
    bjo

    ResponderEliminar
  7. Bem... (quase que dizia um palavrão...)
    Na elegância desta cozinha, esta geleia é um espelho das magníficas postagens já feitas. Sem, dúvida, a fazer.

    ResponderEliminar
  8. Isso até me estalou na boca :) Deve ficar potente!!

    ResponderEliminar
  9. Fiquei tentada a experimentar.... desde que fiz a de pimentão, tenho enveredado um pouco mais para as 'quentes'...

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Regras:
- Os comentários de spam e publicidade serão imediatamente apagados.
- Os comentários anónimos são permitidos mas moderados.
- Os comentários não reflectem a opinião dos administradores do blog.
- As questões colocadas serão exclarecidas via e-mail se o mesmo for disponibilizado pelo comentador.
- A sua opinião é importante para nós.